Domingo, 27 de Setembro de 2020
69 9 9285-1040
Coronavírus CORONAVÍRUS

O ALVORECER DE ALVORADA - Por Francisco Guimarães

Uma Vida Melhor é Possível.

05/08/2020 19h25
Por: AlvoNotícias Fonte: Francisco Guimarães
O ALVORECER DE ALVORADA - Por Francisco Guimarães

 

Alvorada do Oeste tem traços característicos em sua história política que a diferencia de todas as outras cidades da 429. Peculiaridades que desenharam a atual Alvorada do Oeste tal como é; são marcas profundas e que a transformou no que somos. Sem pretender valorar os fundamentos, mas, antes analisar perfunctoriamente e, portanto, salvo melhor juízo.


Alvorada, apesar de ter sido abençoada com as pessoas de qualidades humanas inigualáveis, ser uma das cidades, senão, a cidade com o maior número de pessoas que professam a fé em Cristo, não teve a sorte de ter passado por aqui os melhores líderes, a melhor elite dirigente; aliás, muito longe disso.


Se pairar alguma dúvida quanto esta última observação é só fazermos perguntas a nós mesmos e deixarmos que nós mesmos vamos respondendo uma a uma com bastante calma e reflexão:

Por onde andam os ex-prefeitos que já dirigiram o destino de Alvorada, bem como aqueles que já foram candidatos a tal cargo?

Vamos ressalvar os mortos em respeito às suas memórias; mas, também garantido o respeito à dignidade de todos, limitando-nos a analisar fatos, sem nenhum juízo de valor, para que não nos afastemos da razão e nos acerquemos do argumento apaixonado.

Tal exercício mental não será de muito esforço, pois, pelo fato de se tratar de uma jovem cidade a memória ainda está fresca. Pois bem; você já deve a essa altura ter chegado a uma conclusão; mas, se ainda não chegou terá, ao menos, sentido a falta de muitos deles, se é, claro, que alguns deixaram saudade.


Não terem tido comprometimento com o desenvolvimento da cidade de Alvorada parece ter sido a característica comum entre todos eles, ressalvados, a sorte e a boa-fé de algum.


O pensamento que parece ter norteado a quase todos (com raríssima exceção) foi de se dar bem, a vantagem pessoal e dos seus, pouco importando o atraso de uma cidade inteira e com o sofrimento de seu povo.

O bonde do progresso passou por aqui, parou, esperou, mas, não houve passageiro com interesse em embarcar ("passageiro" no singular), seguiu seu destino 429 afora. E aqui ficou o povo, sofrendo e sonhando com dias melhores ou uma impossível obra do espontaneísmo do acaso que viesse criar empregos e trazer algum desenvolvimento para a cidade.


É preciso dizer, por apego a verdade, que Alvorada, em grandíssima parte, foi administrada por um único grupo político, com interesse exclusivo da promoção de uma personalidade única, uma promoção pessoal. Mesmo quando foi apresentado ao povo uma falsa alternativa, o tempo, aliás, o curtíssimo tempo, se encarregou de demonstrar que o povo foi novamente enganado. foram sempre os mesmos; apenas faziam rodízio entre si, para dar a impressão de várias opções. Um engodo, uma fraude eleitoral, uma enganação.


O pouco emprego que é gerado por aqui é do sofrido comércio e nada mais. Os filhos do povo tão cedo têm de abandonar suas casas, seus pais e seus irmãos para irem tentar a sorte nas cidades de Ji-Paraná ou Cacoal, quando não vão para cidades ainda mais distantes; deixando para trás o rastro de sofrimento, saudade e dor. Ficando como característica de uma cidade a tristeza.


O atendimento médico/hospitalar público, até porque não há outro, é extremamente precarizado, faltando, muitas vezes o mais básico atendimento, tendo, o doente, quase sempre que ser deslocado para Ji-Paraná e Cacoal, que diga-se de passagem, não é lá muita coisa, mas é o que ainda está salvando.

Salvando a vida muitas vezes, mas, ao custo da amargura e da tristeza de quem fica aqui aguardando notícia das condições de saúde do familiar. É difícil ser pobre, mais é muito mais difícil ser pobre em Alvorada; e isto por falta de comprometimento dos administradores com o povo.


Viver em Alvorada é bom, aliás, é para além de bom, é ótimo, mas, não é fácil não. Você ver seu filho tendo que ir embora tão cedo de perto da família para buscar trabalho ou estudar. Estudar ainda é possível, dar para ir e vir todos os dias nos ônibus acadêmicos. Mas, não são para todos, porque tem custo alto e nem todos podem pagar ou tem condições de sair daqui no horário do ônibus.

Mas, uma oportunidade vem por aí nas próximas eleições, espero sinceramente, de todo meu coração, que possamos escolher um administrador que tenha o compromisso com o social e o desenvolvimento de nossa cidade. Alguém que escolheu aqui para viver porque ama o estilo de vida sossegada que Alvorada proporciona por meio do seu humilde e amável povo. Alguém que honra sua palavra e seu projeto de campanha.


Francisco Guimarães

 

Servidor Público do Tribunal de Justiça de Rondônia
Bacharel em Direito
Pós-graduado em Direito Constitucional
Pós-graduado em Direito do Consumidor
Pós-graduando em Jornalismo
Pós-graduando em Segurança Pública e Cidadania

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.