Sexta, 05 de Junho de 2020
69 9 9285-1040
Tecnologia Tecnologia

China cria a primeira apresentadora de jornal baseada em inteligência artificial

21/05/2020 15h10
Por: Alvonoticias
China cria a primeira apresentadora de jornal baseada em inteligência artificial
source

Olhar Digital

inteligência artificial
Reprodução/Sogou
Apresentadora pode andar pelo estúdio e ser mostrada de diversos ângulos


A Xinhua, agência de notícias estatal chinesa, anunciou o desenvolvimento da primeira apresentadora de TV virtual renderizada em 3D e baseada em inteligência artificial .

Batizada de Xin Xiaowei, ela é baseada na aparência de Zhao Wanwei, uma repórter da agência. Xiaowei foi desenvolvida em parceria com a empresa Sogou Inc, e usa tecnologias como "reconhecimento e síntese multi-modal, reconhecimento e animação facial e transferência de aprendizado".

Leia também: Isso é muito Black Mirror: pessoas podem conversar com holograma delas mesmas


Segundo a empresa, isso permite que ela imite vozes, expressões, movimento labial e maneirismos humanos, tendo como base apenas instruções em texto. Xiaowei é o mais novo modelo no que já é uma família de apresentadores criados pela Sogou em parceria com a Xinhua.

O primeiro foi Qiu Hao, em 2018, criado para apresentar notícias em inglês. Em 2019 a Sogou apresentou uma versão feminina chamada Xin Xiaomeng, que logo ganhou uma irmã russa desenvolvida em parceria em parceria com a agência de notícias russa ITAR-TASS.


A principal diferença de Xiaowei é que ela é renderizada em 3D e pode andar por um cenário e ser filmada de vários ângulos, enquanto os modelos anteriores foram criados para serem vistos apenas de frente. Com isso é possível adicionar mais dinamismo às transmissões.

O primeiro trabalho de Xiaowei será cobrir um congresso anual do partido comunista chinês conhecido como "Duas Sessões". Segundo a Sogou, no futuro ela irá sair do estúdio para oferecer "um estilo inovador de transmissão de notícias sob vários cenários".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.