Escritório Confiança
Ciência

Escola de Rondônia participa da 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Estudante da Escola Santa Ana, em Alvorada do Oeste, concorre para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), nos Estados Unidos

26/03/2019 16h30Atualizado há 5 meses
Por: AlvoNotícias
Fonte: Secom - Governo de Rondônia

A 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) foi aberta nesta terça-feira (19) , na Cidade Universidade  de São Paulo (SP), e Rondônia se faz presente com a professora Roseneide Távora, da Sala Multifuncional da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Santa Ana, em Alvorada do Oeste, e o estudante Túlio de Oliveira.

Estudantes de todo Brasil participam da Febrace

A professora destacou o talento do estudante Túlio nas áreas de tecnologias e mecânica e tem experiência em eventos, visto que participou da Feira Rondoniense de Ciência e Tecnologia (Ferocit) e foi classificado no MCTEA (Pará), quando criou um triciclo acessível . “Trabalho com alunos com indicação de altas habilidades e superdotação AH/SD em várias habilidades. É gratificante ver o esforço, empenho, garra e determinação do Túlio na elaboração de projetos”, enalteceu a professora.

A Febrace, segundo a professora Roseneide, conta com uma amostra de 332 projetos de Ciências e Engenharia e que estão desenvolvidos por 751 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico  de todo o Brasil. “Fico feliz por Rondônia se fazer representar em um evento que reúne 116 feiras afiliadas e, especialmente, por Alvorada do Oeste participar de tão importante evento de ciências e engenharia do Brasil”, afirmou Távora.

A professora disse que, ao retornar a Rondônia, buscará formalizar ações transformadoras na escola e condições para que os jovens desenvolvam  suas potencialidades  e sejam protagonistas  de sua própria aprendizagem.

Na Febrace, os autores dos melhores projetos serão julgados por um Comitê de Avaliadores composto por mais de duas centenas de professores universitários e especialistas voluntários. Os melhores projetos, em diversas categorias, ganharão troféus, medalhas, bolsas do CNPq e estágios, num total aproximado de 300 prêmios e oportunidades no Brasil e no exterior.

Os finalistas também concorrerão a uma das nove vagas de projetos (15 estudantes e 9 professores orientadores) para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que será realizada de 12 a 17 de maio, em Phoenix, nos EUA.

Promovida anualmente pelo Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Poli-USP, a Febrace é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.  A educação mão na massa tem se popularizado pelo mundo e há hoje milhares de escolas com laboratórios com esta proposta. Nesses espaços, estudantes têm à disposição diversos materiais e equipamentos para criar experimentos e invenções, aprendendo na prática conceitos teóricos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas