domingo, 22 de outubro de 201722/10/2017
69 9 9285-1040
Muito nublado
21º
23º
-17º
Alvorada D'oeste - RO
dólar R$ 3,19
euro R$ 3,75
Escritório Confiança
BRASIL
Alvorada do Oeste - Moradores fecham BR-429 para pedir 1 km de asfalto na rodovia, em RO
Rodovia 473 que os municípios de Alvorada e Urupá também está bloqueada.
AlvoNotícias Alvorada do Oeste - RO
Postada em 26/07/2017 ás 19h19 - atualizada em 26/07/2017 ás 19h25
Alvorada do Oeste - Moradores fecham BR-429 para pedir 1 km de asfalto na rodovia, em RO




Bloqueio da rodovia segue por tempo indeterminado (Foto: Nilson Antônio Luz Junior/Arquivo Pessoal)





 Uma manifestação de moradores fechou a BR 429 desde às 5h manhã desta quarta-feira (26), em Alvorada do Oeste (RO), a cerca de 430 quilômetros de Porto Velho. A reivindicação é pela pavimentação de um trecho de cerca de 1 km da rodovia, que nunca foi feito.


Segundo manifestantes, a rodovia permanecerá fechada por prazo indeterminado ou até que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) negocie com eles.




A BR-429 corresponde a um trecho de aproximadamente 350 quilômetros e liga todos os municípios do Vale do Guaporé, desde Presidente Médici (RO) até Costa Marques, divisa com a Bolívia.




De acordo com o pecuarista Daniel Duarte, que é um dos manifestantes, a situação é um problema que dura há 7 anos, quando a pavimentação foi feita na rodovia, mas, um trecho de cerca de um quilômetro, na saída para a cidade de São Miguel do Guaporé (RO), ficou sem a pavimentação.







 

População diz que vai ficar no local por tempo indeterminado (Foto: Nilson Antônio Luiz Junior/Arquivo Pessoal)População diz que vai ficar no local por tempo indeterminado (Foto: Nilson Antônio Luiz Junior/Arquivo Pessoal)



População diz que vai ficar no local por tempo indeterminado (Foto: Nilson Antônio Luz Junior/Arquivo Pessoal)






Para os manifestantes, a falta de pavimentação no local tem gerado muitos problemas para o tráfego continuo de veículos pesados, tanto na época da chuva, como no período da seca.




“Nós temos uma dificuldade muito grande neste trecho. Na época da chuva dá atoleiro, uma dificuldade tremenda, como coisas que aconteciam na década de 80. No tempo da seca, é uma poeira tremenda”, explica.



 


Segundo Duarte, durante os sete anos, os moradores receberam promessas de que o problema seria resolvido. A última negociação que tiveram com o DNIT foi há três meses, e o problema não foi resolvido.




“Há 90 dias o Dnit compareceu aqui e prometeu que em 30 dias seria concluído este trecho. Até então, só ficou em promessas e nada evoluiu”, afirma o pecuarista.







 

Moradores colocaram faixa para trancar rodovia (Foto: Nilson Antônio Luiz Junior/Arquivo Pessoal)Moradores colocaram faixa para trancar rodovia (Foto: Nilson Antônio Luiz Junior/Arquivo Pessoal)



Moradores colocaram faixa para trancar rodovia (Foto: Nilson Antônio Luz Junior/Arquivo Pessoal)






Sem nenhuma solução para o problema, a população do município de Alvorada se uniu e decidiu bloquear a pista por tempo indeterminado, até que haja uma negociação efetiva com o Dnit para resolver o problema.




Os manifestantes afirmam que o movimento é pacifico.“Temos data para começar, mas não temos para terminar. Enquanto não comparecer para negociar com a gente, nós não vamos arredar. Podemos ficar um, doi, três dias, quantos forem necessários”, afirma.




De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma equipe de Ji-Paraná (RO), está em descolando para a local da manifestação.




G1 entrou em contato com o superintende do Dnit, Sérgio Mananu, mas ele estava em reunião e ainda não retornou.


FONTE: Pâmela Fernandes, G1 Ji-Paraná e Região Central
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium