Quinta, 23 de janeiro de 2019
69 9 9285-1040
Política

19/12/2018 ás 17h51

AlvoNotícias

Alvorada do Oeste / RO

Governador, senadores, deputados estaduais e federais são diplomados em Rondônia
Candidatos eleitos, agora, estão aptos para tomar posse nos cargos. Coronel Marcos Rocha (PSL) continua mantendo em sigilo possíveis nomes para secretariados.
Governador, senadores, deputados estaduais e federais são diplomados em Rondônia




Desembargador Sansão Saldanha conversou com jornalistas antes da cerimônia de diplomação. — Foto: Mayara Subtil/G1





O próximo passo, agora, é os diplomados tomarem posse nos cargos, que acontece no ano que vem em dois períodos: 1° de janeiro de 2019 para governador e vice e 1° de fevereiro para senadores e deputados.




A cerimônia começou por volta das 17h40 e o espaço ficou lotado. O TRE-RO contabilizou 56 nomes oficiais que compõem a lista de candidatos a serem diplomados. Desses, seis não compareceram. Cerca de 12 suplentes das coligações foram diplomados.







 

Silvia Cristina (PDT) esteve na solenidade para receber o diploma. — Foto: Mayara Subtil/G1Silvia Cristina (PDT) esteve na solenidade para receber o diploma. — Foto: Mayara Subtil/G1

Silvia Cristina (PDT) esteve na solenidade para receber o diploma. — Foto: Mayara Subtil/G1





Já entre os que não compareceram estava o deputado eleito Jair de Figueiredo Monte (PTC), o Jair Montes, que continua preso preventivamente desde o dia 14 de dezembro.




Sobre esse caso, o desembargador Sansão Saldanha disse que o deputado eleito pode ir ao tribunal para pegar o diploma.




"Enquanto o tribunal estiver funcionando, ele (Jair) pode fazer a apresentação dessa procuração e levar o diploma dele. Aqui, hoje, é um ato solene que tem toda uma estrutura que não comporta uma situação dessa peculiar", explicou o desembargador.




Ao G1, o advogado de Jair, Nelson Canedo, informou que irá buscar o diploma do deputado eleito na quarta-feira (19) e que, ainda esta semana, o caso dele seguirá para o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Montes é um dos investigados na Operação Apocalipse, deflagrada em 2013.




 



Coronel Marcos Rocha: sigilo sobre secretários



 




O governador eleito, Coronel Marcos Rocha (PSL), que foi diplomado e discursou na cerimônia, ainda mantém em sigilo os nomes que devem comandar as secretarias do estado durante seu governo.




Segundo ele, os nomes ainda estão em fase de amadurecimento, já que ele busca por pessoas técnicas. Disse ainda que, assim que tiver todos definidos, fará um anúncio na sua página no Facebook.






 

Coronel Marcos Rocha (PSL) discursou durante solenidade para entrega de diplomas a candidatos eleitos.  — Foto: Mayara Subtil/G1Coronel Marcos Rocha (PSL) discursou durante solenidade para entrega de diplomas a candidatos eleitos.  — Foto: Mayara Subtil/G1

Coronel Marcos Rocha (PSL) discursou durante solenidade para entrega de diplomas a candidatos eleitos. — Foto: Mayara Subtil/G1





"Ainda não estão todos definidos, até porque várias secretarias a gente planeja tornar extintas. Devemos refazer a estrutura do estado. Então não temos como anunciar os nomes de todos os secretários. Vamos anunciar no Facebook", informou Marcos Rocha.




"Eu não quero ficar trocando secretário. Quero secretários que entrem e fiquem todo o tempo para que a gente não tenha quebra do trabalho que vai ser realizado", completou o governador eleito.




Durante seu discurso, o coronel agradeceu a confiança de todos por ele ter sido eleito governador do estado e disse que, a partir de 1º de janeiro, começa "um novo tempo para Rondônia".




 


"Esse novo tempo, essa nova era, não promete outra coisa que não apresentar a todos vocês, de forma direta, franca, honesta e o mais transparente possível para que juntos possamos enfrentar os problemas que nos aflige e também juntos colher resultados de nossos esforços e dedicação", disse o Coronel Marcos Rocha.

 




 



Os mais votados



 




Com 324.939 votos e 230.361 votos, Marcos Rogério (DEM) e Confúcio Moura (MDB), respectivamente, também foram diplomados na cerimônia. Eles foram eleitos senadores e foram os dois mais votados, estando Marcos Rogério em primeiro lugar, com 24,06% dos votos.




Em discurso, Confúcio reconheceu a responsabilidade que carregará a partir do momento que tomar posse do cargo no Senado Federal e destacou que, durante seu mandato, irá cuidar da educação.




 


"Esse é meu tema. Eu vou cuidar da educação. Já fiz ponte demais, já fiz asfalto demais, já construí demais. Agora eu vou cuidar de gente, principalmente de periferia e também das pessoas da área rural", disse.

 






 

Confúcio Moura (MDB) destacou que irá cuidar da educação durante seu mandato em discurso.  — Foto: Mayara Subtil/G1Confúcio Moura (MDB) destacou que irá cuidar da educação durante seu mandato em discurso.  — Foto: Mayara Subtil/G1

Confúcio Moura (MDB) destacou que irá cuidar da educação durante seu mandato em discurso. — Foto: Mayara Subtil/G1





Marcos Rogério aproveitou os três minutos que tinha para agradecer o eleitor sobre a escolha que tomou durante o pleito.




 


"O eleitor que é o protagonista do processo eleitoral. Democracia é voto, é participação. Sem ela, não há mudança, não há confirmação, não há renovação. É a qualidade do voto que determina a qualidade da representação. Escolhas boas, representações boas", citou.

 






 

Marcos Rogério (DEM) aproveitou a oportunidade de discursar para agradecer o eleitor pelo voto.  — Foto: Mayara Subtil/G1Marcos Rogério (DEM) aproveitou a oportunidade de discursar para agradecer o eleitor pelo voto.  — Foto: Mayara Subtil/G1

Marcos Rogério (DEM) aproveitou a oportunidade de discursar para agradecer o eleitor pelo voto. — Foto: Mayara Subtil/G1





Entre os deputados estaduais e federais mais votados está José Eurípedes Clemente e Leonardo Barreto de Moraes, o Léo Moraes, respectivamente.




Durante seu discurso, José Eurípedes disse que irá trabalhar para o desenvolvimento de Rondônia, principalmente no que se diz respeito à Amazônia Legal. Já Léo Moraes destacou que há uma ruptura entre cidadão e o representante e que isso não pode acontecer.




 


"Existe muito o que nós devemos avançar. Temos reformas importantíssimas para votar. Portanto, que nós estejamos plenos, conhecedores da nossa missão. Todo agente político deve perceber, deve ser um bom servidor público", disse Léo Moraes.

 







 

Léo Moraes foi o deputado federal eleito mais votado.  — Foto: Mayara Subtil/G1Léo Moraes foi o deputado federal eleito mais votado.  — Foto: Mayara Subtil/G1

Léo Moraes foi o deputado federal eleito mais votado. — Foto: Mayara Subtil/G1







 

FONTE: g1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium