Terça, 12 de novembro de 2018
69 9 9285-1040
Polícia

01/11/2018 ás 19h25

AlvoNotícias

Alvorada do Oeste / RO

Homem esfaqueia 11 pessoas e é morto a tiros pela PM em Rondônia
Homem teria atacado as vítimas aleatoriamente com um facão em Porto Velho. Uma mulher morreu e outras seis estão gravemente feridas.
Homem esfaqueia 11 pessoas e é morto a tiros pela PM em Rondônia

Um homem esfaqueou 11 pessoas com um facão, nesta quinta-feira (1°), na Zona Leste de Porto Velho. Entre os esfaqueados no ataque estão uma criança de 8 anos e a mãe dela. A mulher de 27 anos morreu logo após ser socorrida. O suspeito do ataque também morreu depois de ser baleado por policiais. Seis pessoas estão em estado grave, quatro são atendidas na Policlínica Dr. José Adelino e duas já foram liberadas.





Segundo informações iniciais da Polícia Militar (PM), os ataques foram nos bairros Renascer, Porto Cristo, Ayrton Senna, Mariana, Três Marias e Cascalheira.




Informações de testemunhas revelam que o homem teria atacado as vítimas aleatoriamente com um facão, sem nenhuma motivação. No bairro Renascer, uma das vítimas correu para dentro dentro de casa enquanto esperava por socorro.






 

Uma das vítimas foi esfaqueado dentro de casa — Foto: Daniele Lira/G1Uma das vítimas foi esfaqueado dentro de casa — Foto: Daniele Lira/G1

Uma das vítimas foi esfaqueado dentro de casa — Foto: Daniele Lira/G1





As 11 vítimas do esfaqueamento foram socorridas para a UPA da Zona Leste de Porto Velho. A direção da UPA confirma que uma mulher de 27 anos, esfaqueada na cabeça e no peito, não resistiu as ferimentos. O rosto dela ficou totalmente desfigurado.




Vários parentes estão na frente da UPA em busca de informações sobre o estado de saúde das vítimas. A UPA interrompeu o atendimento temporariamente na unidade para os demais moradores da cidade.






 

Facão usado por suspeito para atacar as vítimas — Foto: Ana Kézia/G1Facão usado por suspeito para atacar as vítimas — Foto: Ana Kézia/G1

Facão usado por suspeito para atacar as vítimas — Foto: Ana Kézia/G1





Ainda segundo a PM, depois de esfaquear as vítimas o homem tentou atacar a polícia, que reagiu com tiros. O suspeito foi baleado e levado ao Hospital João Paulo II, mas morreu.




 



Quem são as vítimas?



 




Segundo a UPA da Zona Leste, as vítimas identificadas até agora são:




 



  • Dorival de Souza, 57 anos

  • Marta Rodrigues Pereira, 27 anos (óbito)

  • Márcio Dias de Souza, 33 anos (esposo de Marta)

  • Débora Batista Sena, 27 anos

  • Gerson Rocha de Carvalho, 50 anos

  • Desimar Gouveia de Matos, 39 anos

  • Jhon Lima , 22 anos ( filho de Mirtes)

  • Mirtes Maria Oliveira ( mãe de Jhon)

  • Francisco Tavares de Lima

  • Renato Fernandes Filho, 52 anos

  • Uma criança de 8 anos ( a identidade dela não foi divulgada)


 




 



Ataque



 




Para esfaquear as vítimas o suspeito usou um facão. Segundo testemunhas, o homem estava dirigindo um carro pela região e, quando se aproximava das vítimas, descia e golpeava os pedestres.






 

Carro usado pelo suspeito no ataque — Foto: Reprodução/WhatsAppCarro usado pelo suspeito no ataque — Foto: Reprodução/WhatsApp

Carro usado pelo suspeito no ataque — Foto: Reprodução/WhatsApp





O homem esfaqueou tanto pessoas desconhecidas como conhecidas. Uma das vítimas mora próxima a casa do autor dos ataques.




Depois do ataque, o suspeito foi até a casa onde morava, se trancou e de lá passou a ameaçar os policiais com dois facões. Na sequência o homem tentou atacar os agentes e a PM precisou reagir com tiros.




Segundo vizinhos, o suspeito teria tido um surto dentro da casa no fim da manhã, momento que saiu e começou a esfaquear as pessoas.




A filha de uma das vítimas esfaqueadas disse ao G1 que o pai estava em um posto de gasolina, quando o suspeito se aproximou com o facão e começou o ataque. Logo depois o homem esfaqueou a mulher e a criança.







 

Família faz reconhecimento de mulher morta após ataque — Foto: Lívia Costa/G1Família faz reconhecimento de mulher morta após ataque — Foto: Lívia Costa/G1

Família faz reconhecimento de mulher morta após ataque — Foto: Lívia Costa/G1





FONTE: g1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium