Sábado, 20 de outubro de 2018
69 9 9285-1040
Ciência

31/07/2018 ás 15h52

AlvoNotícias

Alvorada do Oeste / RO

Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua no interior de SP
Temporal com pedras de gelo assustou moradores de Itararé (SP) na madrugada desta terça-feira (31). Não há informações sobre desabrigados.
Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua no interior de SP



Área central de Itararé amanhece coberta de gelo nesta terça-feira (31) (Foto: Ricardo Takeda/Arquivo pessoal)






 



A chuva de granizo que atingiu várias cidades na região de Itapetininga (SP), na madrugada desta terça-feira (31), transformou a paisagem em Itararé, a cerca de 250 quilômetros da capital.





A quantidade de granizo que caiu foi tão grande que a rua Ambrósio Dias Tatit, na área central da cidade, ficou coberta por placas de gelo com mais de 10 centímetros de altura.







 



 

 

 


 



 






 



 


 



 

 

 






 

 



 



 

 






 




 



 

 



 







 





 

Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua no interior de SP



Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua no interior de SP





Vários moradores compartilharam nas redes sociais fotos e vídeos da chuva com granizo que atingiu a cidade.




O gelo danificou telhados e também se acumulou em quintais de casas. Não há informações sobre desabrigados.







 

Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Jacqueline Almeida/Arquivo pessoal)Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Jacqueline Almeida/Arquivo pessoal)



Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Jacqueline Almeida/Arquivo pessoal)






 



Estragos



 







 



 

 

 


 



 






 



 


 



 

 

 






 

 



 



 

 






 




 



 

 



 







 





 

Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua de Itararé



Chuva de granizo forma 'mar de gelo' em rua de Itararé




 


A Prefeitura de Itararé (SP) informou, em nota ao G1, que a creche Adeleide Barco Perusso foi atingida pela chuva. O telhado do refeitório e de algumas salas de aula desabou.




Os reparos serão feitos emergencialmente e a previsão é de que até esta quarta-feira (1º) a situação seja normalizada. O calendário escolar não foi prejudicado, pois os alunos se encontram em recesso escolar, sendo o retorno programado para esta quarta-feira (1º).







 

Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal)Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal)



Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal)






Na zona rural, duas residências foram destelhadas, segundo a prefeitura. Em atendimento à ocorrência, a Guarda Civil Municipal cobriu os imóveis com lonas de plástico e outra equipe contabilizou as telhas necessárias para o reparo, que será feito.




Na cidade, três casas, localizadas nos bairros dos Ginásio, Jardim Fronteira e Vila Nova Esperança, sofreram com infiltração. A rua Ambrósio Dias Tatit foi interditada por conta da grande quantidade de granizo no local.







 

Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal )Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal )



Área central de Itararé amanhece coberta de gelo (Foto: Arquivo Pessoal )





 


Ainda segundo a prefeitura, as máquinas da Secretaria Municipal de Serviços Municipais já estão trabalhando para que a situação seja normalizada.




De acordo com o secretário Gilberto Côrtes, mais de seis caminhões basculantes carregados de gelo serão retirados do local. A rua 24 de outubro também passará por reparos em virtude do acúmulo de gelo.







 



 

 

 


 



 






 



 


 



 

 

 






 

 



 



 

 






 




 



 

 



 







 





 

Chuva de granizo forma camada de gelo em ruas e calçadas no interior de São Paulo



Chuva de granizo forma camada de gelo em ruas e calçadas no interior de São Paulo





 



Nova Campina



 




Em Nova Campina, o granizo também fez estragos. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 700 pessoas foram afetadas e 20 famílias ficaram desabrigadas após a chuva, registrada por volta de 1h.




Moradores e autoridades se mobilizaram para ajudar as famílias afetadas. Várias pessoas que tiveram que sair das foram acolhidas na escola municipal Humberto de Morais Vasconcelos, e também na Igreja Presbiteriana.




Ainda de acordo com a Polícia Militar, não se sabe o número exato de famílias desabrigadas, mas os bairros mais afetados foram Longa Vida e Tijuca.



FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium