Quarta, 19 de setembro de 2018
69 9 9285-1040
Internacional

06/05/2018 ás 16h35

AlvoNotícias

Alvorada do Oeste / RO

Fendas se abrem, e lava de vulcão avança sobre ruas do Havaí
Fendas emitem lava e gases tóxicos que provocaram milhares de evacuações.
Fendas se abrem, e lava de vulcão avança sobre ruas do Havaí



Lava avança ao longo de uma rua perto de uma rachadura causada pelo vulcão Kilauea em Leilani Estates, no Havaí (Foto: Geological Survey/Handout via REUTERS)






 



A erupção do vulcão Kilauea, o mais ativo do Havaí, continua neste domingo (6), com o surgimento de novas fendas, das quais saem lava e gases tóxicos que provocaram milhares de evacuações.




Segundo um comunicado do Observatório Vulcanológico do Havaí divulgado neste domingo, contabilizaram-se oito rachaduras, uma delas aberta na noite deste sábado (5).




Todas ficam na localidade de Leilani Estates, cujos 1.700 habitantes receberam uma ordem de evacuação obrigatória na última quinta-feira (3), bem como os de Lanipuna Gardens.







 



 

 

 


 



 






 



 


 



 

 

 






 

 



 



 

 






 




 



 

 



 







 





 

Lava do vulcão Kilauea se espalha no Havaí por espaço de mais de 17 campos de futebol



Lava do vulcão Kilauea se espalha no Havaí por espaço de mais de 17 campos de futebol





O observatório, ligado ao serviço americano de geologia e sismologia (USGS), indicou que também foram detectadas novas fendas no solo na manhã deste domingo, mas nenhuma que deixa escapar calor ou vapor.




Algumas rachaduras continuam emitindo jatos de lava, às vezes de até 70 metros de altura. Dióxido de enxofre, gás que deixa a qualidade do ar "extremamente perigosa", também ainda escapa do solo em alguns pontos.







 

Rachadura se abre na Pohoiki, estrada perto de Leilani Estates, no Havaí (Foto: Survey/Handout via REUTERS)Rachadura se abre na Pohoiki, estrada perto de Leilani Estates, no Havaí (Foto: Survey/Handout via REUTERS)



Rachadura se abre na Pohoiki, estrada perto de Leilani Estates, no Havaí (Foto: Survey/Handout via REUTERS)





 


 



Fenômeno imprevisível



 




A defesa civil do arquipélago informou na noite deste sábado que cinco casas haviam sido destruídas. Também advertiu que a erupção estava aumentando e deve continuar, destacando a imprevisibilidade do fenômeno natural.




Sobre a alta atividade sísmica na região desde o começo da semana, o observatório apontou um aumento nos últimos dois dias, marcado por um tremor de magnitude 6,9 na quinta e um de magnitude 5 na véspera, que desencadeou a erupção do Kilauea.







 

Cinzas do vulcão Kilauea, no Havaí, são vistas na quinta-feira (3) (Foto: U.S. Geological Survey via AP)Cinzas do vulcão Kilauea, no Havaí, são vistas na quinta-feira (3) (Foto: U.S. Geological Survey via AP)



Cinzas do vulcão Kilauea, no Havaí, são vistas na quinta-feira (3) (Foto: U.S. Geological Survey via AP)






Em 48 horas, especialistas registraram 152 tremores de magnitudes 2 e 3 localizados a menos de 5 km da cratera, e 22 terremotos de magnitude 3.




O Kilauea, de 1.247 metros de altura, entrou em erupção às 16h45 locais de quinta. O vulcão é um dos mais ativos do mundo e um dos cinco ativos da Big Island, maior ilha do arquipélago, formado por 137 ilhas.








 



 

 

 


 



 






 



 


 



 

 

 






 

 



 



 

 






 




 



 

 



 







 





 

Erupção do vulcão Kilauea obriga 1700 a saírem de casa



Erupção do vulcão Kilauea obriga 1700 a saírem de casa




FONTE: le france/g1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium