Sábado, 14 de dezembro de 2018
69 9 9285-1040
Política

17/12/2017 ás 15h02

AlvoNotícias

Alvorada do Oeste / RO

Temer vai ao Alvorada para gravar vídeo e receber Maia e Gilmar Mendes
Assessoria do presidente do TSE informou que visita foi de cortesia, para agradecer pela mudança no horário de verão.
 Temer vai ao Alvorada para gravar vídeo e receber Maia e Gilmar Mendes

O presidente Michel Temer recebeu na manhã deste domingo (17) na residência oficial do Palácio do Alvorada o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).




Temer foi ao Alvorada – embora presidente, ele continua morando no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-presidência – para gravar um vídeo sobre o programa Minha Casa, Minha Vida, segundo informou a assessoria do Planalto.




Além de Maia e do presidente do TSE, ele também recebeu o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco e o empresário Flávio Rocha, presidente das Lojas Riachuelo.




Maia chegou ao Alvorada depois de Gilmar Mendes ter saído. O presidente da Câmara foi conversar com Temer sobre a tramitação da reforma da Previdência, cuja votação na Câmara está prevista para fevereiro, depois do recesso parlamentar.




Segundo a assessoria de Gilmar Mendes, o ministro fez uma visita de cortesia, a fim de agradecer pela sanção da lei que regulamentou o funcionamento do Centro Cultural da Justiça Eleitoral (CCJE), no Rio de Janeiro, e pela mudança no horário de verão.




mudança para novembro do início do horário de verão foi um pedido de Gilmar Mendes, a fim de evitar atrasos na apuração dos votos e na divulgação dos resultados da eleição do ano que vem. No Acre, por exemplo, as urnas são fechadas três horas depois da contagem de votos já ter sido iniciada nas regiões Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste.





De acordo com a assessoria, os dois também conversaram sobre a adoção de um novo sistema de governo, o semipresidencialismo, que deve resultar numa proposta de emenda constitucional a ser enviada ao Congresso.



FONTE: Alessandra Modzeleski e Vanessa Silvestre, G1 e GloboNews, Brasília

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium